- Seja Bem Vindo(a) ao Jornal Correio da Semana -

Economia Novidade

Israel é aprovado como novo parceiro do Mercosul

Publicado por

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou, em visita a Israel, que foi aprovado o acordo de livre comércio entre o país e o Mercosul. Israel é o primeiro país fora da América do Sul a ter um acordo de livre comércio com o bloco econômico. O Brasil é o maior parceiro comercial de Israel na América Latina. O intercâmbio comercial do Brasil com Israel saltou de US$ 440 milhões, em 2002, para US$ 1,6 bilhão, em 2008.     O acordo de livre comércio entre Mercosul e Israel passa a valer a partir de 4 de abril. A expectativa, segundo empresários, é que o comércio triplique nos próximos 5 anos. Dos 200 empresários que participaram de um seminário no qual Lula discursou, 80 eram brasileiros. O seminário reuniu representantes de vários setores, do agronegócio à defesa espacial, incluindo mineração, indústria têxtil, tecnologia, aviação e medicamentos. O acordo foi comemorado […]

Leia Mais >
Política

“A paz não pode ser mantida pela força”, disse Lula e m discurso

Publicado por

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apontou o caminho da negociação, com um papel mais ativo e renovado das Nações Unidas, como saída para os conflitos no Oriente Médio. “A paz não pode ser mantida pela força”, disse o presidente durante discurso nesta segunda-feira (15) no parlamento israelense. “Defendemos a existência um estado de Israel soberano seguro e pacífico. Ele deverá conviver com um estado palestino igualmente soberano, seguro e pacífico”, afirmou Lula. Durante o discurso, Lula fez referência à iniciativas de negociação que superem os tradicionais caminhos diplomáticos e apelou para a compaixão. “Ninguém pode ficar insensível. Para resolver situações, é necessário construir alternativas racionais e duradouras da paz. Mas não é suficiente colocar apenas a cabeça pra funcionar, é preciso que o coração esteja presente, é fundamental um sentimento de compaixão”, afirmou. “Não podemos continuar desperdiçando esforços multilaterais, sobretudo quando apresentam um extraordinário potencial”, disse o presidente, […]

Leia Mais >
Economia

Modelo tributário de MT é considerado o mais adequado à realidade fiscal brasileira, segundo FGV

Publicado por

O modelo tributário implementado em Mato Grosso está sendo considerado como o mais adequado à realidade fiscal brasileira. A análise foi feita pelo professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Fernando Antônio Rezende Silva, uma das maiores autoridades do assunto no país. Em um estudo realizado pelo Fórum Fiscal dos Estados Brasileiros, o economista destaca que o Estado, ao lado de São Paulo, está um passo a frente dos demais na eficiência fiscal. O estudo do professor demonstra que o modelo de ICMS – Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços – vigente possui sua eficácia tributária ampliada quando ele caminha para ser uma espécie de imposto sobre o valor agregado. Ou seja, a tributação deve ocorrer na fase inicial de circulação da mercadoria, mediante tributação por Substituição Tributária ou incidência monofásica, no caso de Mato Grosso, pela Estimativa Segmentada e o Garantido Integral. “O ICMS abandonará de […]

Leia Mais >