- Seja Bem Vindo(a) ao Jornal Correio da Semana -

Novidade Política

Ministra Dilma Roussef vem a Mato Grosso

Publicado por

A ministra Chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, participa de eventos e reuniões em Cuiabá/MT, nesta terça-feira (23.02). O desembarque dela, no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, está previsto para as 8h45, no hangar do Estado. Em seguida, Dilma Roussef se desloca para o Palácio Paiaguás onde será recebida pelo governador Blairo Maggi,  e dará início à agenda que inclui solenidade de Assinatura de Convênios para Construção de Casas do Programa “Minha casa, minha vida”, às 10h, no Salão Nobre Secretário Cloves Vettorato. Às 11h30, ela concede entrevista coletiva à imprensa. Este é o único horário que a imprensa terá para falar com a ministra. Não haverá credenciamento para participação no evento. A ministra almoça no Palácio Paiaguás. Após, às 13h30, ela terá audiência com o governador no gabinete do Palácio. A reunião será fechada sem previsão de abertura para imagens de veículos de Comunicação, que será possível na reunião seguinte. […]

Leia Mais >
Cultura

Vida e obra de Chico Science “ocupam” SP

Publicado por

A mostra “Ocupação Chico Science” foi aberta semana passada no Itaú Cultural, em São Paulo. Traz o universo do cantor e compositor nascido em Olinda, em 1966, e morto em um acidente de carro em Recife, no início de 1997. A exposição inclui filmes, grafite, shows e encontros com representantes da cena Manguebeat. Musicalmente, o movimento misturava maracatu com rock, hip hop e eletrônica. Conceitualmente, tratava-se da criação de uma cena “capaz de conectar as boas vibrações dos mangues com a rede mundial de circulação de conceitos pop”, como diz o manifesto “Caranguejos com Cérebro”, escrito pelo compositor e cantor Fred 04 em 1992. O símbolo do Manguebeat era uma antena parabólica cravada na lama. Chico Science, o seu ícone. A ocupação não se resumirá ao espaço físico. “É uma ação de documentação e pesquisa, de organizar acervos dispersos. Além do trabalho do Chico, a exposição está centrada em todo […]

Leia Mais >
Economia

Compras de terras estão estagnadas em Mato Grosso

Publicado por

A falta de liquidez no mercado, no ano passado, fez com que as transações de compra e venda de terras agrícolas entrasse um processo de estagnação. A pressão, segundo analistas, decorre da saída generalizada de compradores do mercado e reflete sobretudo nos imóveis rurais voltados à produção de agroenergia. “Houve pouquíssimos negócios nos últimos meses, o que significa que uma crise de liquidez se instalou também neste mercado após a crise financeira global”, avalia o analista André Dias. A estagnação dos preços – e do mercado – neste momento mostra também a apreensão do investidor (mesmo os mais capitalizados) em realizar aquisições de terras, investimento de baixa liquidez. “Mato Grosso já vinha, há algum tempo, apresentando problemas de liquidez por conta das dívidas dos produtores. O que vemos no momento é a entrada de empresas estrangeiras no Estado comprando ou arrendando terras”, diz. O analista lembra que nos últimos meses […]

Leia Mais >